Deus não desiste de Seus servos

Quando Deus mandou Jonas ir pregar em Ninive e ele não obedeceu, Deus poderia ter enviado outro servo no lugar de Jonas. Mar por que Deus não desistiu de Jonas? Por quê Deus insistiu em mandar Jonas, mesmo ele tendo fugido e desobedecido?
E hoje, Porque Deus não desiste de nós, quando em meio as nossas fraquezas e limitações, pensamos em desistir?
Com certeza Deus consegue encontrar pessoas que O obedeçam sem hesitar! Mas quando Deus escolhe um servo e lhe entrega uma missão, definitivamente há um motivo maior que está além da nossa compreensão, então confiar em Deus é sempre o melhor remédio!

"Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes; E Deus escolheu as coisas vis deste mundo, e as desprezíveis, e as que não são, para aniquilar as que são; Para que nenhuma carne se glorie perante ele." (1 Coríntios 1:27-29)

Quando Deu nos escolhe, Ele nos dá a oportunidade de segui-lo! Deus quando estabelece um propósito, Ele tem total consciência de quais serão as conseqüências e qual o objetivo Ele deseja alcançar. Ele tem uma visão ampla de toda a situação, Ele mais do que ninguém sabe qual é a melhor saída. Quando Deus escolheu Jonas, Ele sabia qual seria sua reação, pois Deus o conhecia. Lembra-se que um dos atributos de Deus é a onisciência... Pois é!!! Ele conhece nosso coração!

Naquela ocasião, Jonas tentou recusar a ordem de Deus fugindo, pois os ninivitas eram um povo muito cruel, principalmente com os estrangeiros. Jonas ficou com medo de ir pregar para esse povo, pois sabia que havia uma grande possibilidade de ele ser torturado e morto. Mas Deus tinha um propósito na vida de Jonas, o nos planos que Deus havia traçado, Ele havia escolhido a Jonas, e somente Jonas é quem deveria cumprir essa missão. Literalmente, Deus procurou a Jonas e o encurralou. Deus queria mostrar a Jonas que ele não devia ter medo dos ninivitas, pois Deus é muito mais poderoso que esse povo a quem temia.

Seria mais fácil para Deus se ele simplesmente ignorasse a Jonas e escolhesse outra pessoa, não seria? Mas Deus faz questão de seja Jonas... Deus se esforça, planeja formas para resgatar Jonas e o colocar no caminho para que ele cumpra a missão que foi dada a ele. Deus poderia, sim, ter enviado outro servo, mas Deus escolheu a Jonas! E Deus nos escolhe porque Ele nos ama. Deus fazer com que Jonas percebesse que ele não deveria temer ao povo ninivita, eram os ninivitas que deveriam temer a Deus. Deus não desiste de nós, porque Ele nos ama e nos quer do lado Dele. Deus quer nos mostrar o tamanho de seu poder e nos proporcionar experiências com Ele que ficaram marcadas em nossas vidas, experiências que serão uma base sólida de fé!

Outra razão pela qual Deus não desiste de nós é porque Ele usa pessoas imperfeitas para realizar planos perfeitos. Tudo isso para mostrar que a gloria é sempre de Deus. Você se acha imperfeito e incapaz? E nós realmente somos, mas com Deus nossa vida se transforma e através de Jesus somos capazes de coisas grandiosas. Deus decidiu usar a mim e a você, mesmo sabendo de nossas limitações. Ele não está preocupado com isso. Quando Deus nos dá uma missão, não devemos colocar empecilhos dizendo que não damos conta. Lógico que sozinhos, não conseguimos, mas com Deus podemos todas as coisas e é Nele que devemos confiar. 

Na história da Bíblia temos vários outros exemplos onde pessoas escolhidas por Deus que cometeram erros, mas mesmo assim Deus fez questão de amar e salvar aquela pessoa: 

1. Moisés: Foi um homem humilde, mas gaguejava. Sua missão foi liderar um povo e teve que ter ajuda para falar em público por causa da sua limitação. Até chegou a hesitar quando recebeu o chamado de Deus, pois achava que sua gagueira lhe impediria de cumprir a missão que Deus havia lhe entregado. 

2. Abraão: Saiu para o Egito durante tempos difíceis. Teve problemas com o faraó enquanto tentava sair do Egito, por causa da beleza de sua esposa. Ao invés de consultar a Deus e pedir ajuda, Abraão resolveu mentir dizendo que sua esposa era sua irmã e quase se deu mal. 

3. Davi: Teve uma conduta inaceitável de adultério. Acabou levando o marido de sua amante para ser morto nas linhas de frente de sua tropa. 

4. Salomão: Tem uma reputação de sábio, mas falhou, pois não colocou em prática aquilo que pregava. Deixou se seduzir por outros deuses, induzidos por suas mulheres estrangeiras, e acendeu a ira de Deus. 

5. Pedro: Negou a Jesus por três vezes, em público. Mas depois Deus deu forças, renovou sua fé e no final ele se tornou um mártir.

Em todos esses casos, aquilo que separa esses homens imperfeitos da ruína é o amor de Deus. Apesar de terem errado, eles foram humildes o suficiente para reconhecer que precisavam de Deus, pois sozinhos não conseguiriam. As escolha de Deus são baseadas na Sua graça e não na nossa capacidade de executar algo!

O plano de Deus já estão traçados, agora cabe a nós escolher se queremos o caminho mais curto e menos sofrido ou se desejamos percorrer o caminho mais longo, com sofrimento e luta por causa da nossa rebeldia, porque no final das contas, os planos de Deus sempre se realizam e chegaremos aonde Ele quer nos levar.

“A igreja não é uma galeria de pessoas perfeitas, mas sim uma escola para educar cristãos imperfeitos”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contador de Visitas Mensal